Betel Fm
 
      Fotos   Vídeo   Audio  
 
 
Vídeos
Audios
Fotos
Evento
Nossa História
Ciência & Tecnologia
Social
Economia
Bahia
Feira de Santana
Palavra do Pastor
Igrejas
Missões
Programação Rádio
Mensagem da Semana
Para Meditação
Culinária
Agenda das Igrejas
Dia-Dia
Notícias
Meio Ambiente
Brasil
Empregos
Concursos
Educação
Saúde
Música
Cultura
Entrevistas
Entretenimento
Adicione o Face Book Betel Fm
Bíblia Online
CIEE-ESTÁGIO
DETRAN-BA
Empregos
IMA-Meio Ambiente
Prefeitura FSA
 
Empregos Voltar  .  Home
Imprimir esta página Enviar por e-mail
17/10/2014  10:55:10
Bahia mantém liderança na geração de empregos no Nordeste
As informações são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sistematizadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI/Seplan).

Fonte: Acorda Cidade

 No acumulado dos nove primeiros meses do ano, a Bahia apresentou um saldo de 39.469 novos postos, se mantendo na liderança de geração de empregos no Nordeste, sendo que em setembro último foram contabilizados 3.163 novos empregos com carteira assinada. As informações são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sistematizadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI/Seplan).

O setor com maior saldo foi o de construção civil (1.840), seguido pelo comércio e serviços. No acumulado dos nove primeiros meses do ano, o saldo registrado em setembro ficou em patamar inferior ao contabilizado em igual período do ano anterior (+6.203 postos) e ao do mês de agosto último (+5.071 postos).

Na análise regional, a Bahia ocupou a sétima posição no saldo de postos de trabalho entre os estados da Região Nordeste ((+3.163) e a 13ª posição no Brasil. Na Região Nordeste, oito estados apresentaram saldos positivos. O estado desta região que gerou o maior saldo foi Pernambuco, seguido por Alagoas, Ceará, Sergipe, Rio Grande do Norte, Maranhão, Paraíba. O único com saldo negativo no mês foi Piauí (-401 postos).

Na Bahia, o setor que ficou em quarto lugar em desempenho foi serviços industriais de utilidade pública. Os setores que registraram saldos negativos foram agropecuária, indústria de transformação, administração pública e extrativa mineral.

No acumulado dos nove primeiros meses do ano, dos oito setores de atividade, seis registraram saldos positivos. O setor com maior saldo acumulado foi serviços (+24.451 postos), seguido pela agropecuária (+8.460 postos), indústria de transformação (+3.947 postos), comércio (+1.713 postos), administração pública (+829 postos) e construção civil (+554 postos). Entre os setores que apresentaram saldos negativos, no acumulado do ano, estão extrativa mineral e serviços industriais de utilidade pública.

Capital, RMS e interior - Analisando os dados referentes aos saldos de empregos distribuídos entre Região Metropolitana de Salvador (RMS) e interior a pesquisa constatou que em setembro o resultado do emprego foi positivo, com a criação, no interior, de 812 novos postos de trabalho, e de 2.351 na RMS.

Quanto ao saldo acumulado, a participação do interior foi quase três vezes maior em geração de novos postos de trabalho ((28.604) que a verificada na RMS (10.865).

Entre os municípios com mais de 30 mil habitantes, Salvador, Camaçari e Feira de Santana se destacaram na criação de novas oportunidades de trabalho formal na Bahia. Em Salvador foram gerados 3.719 novos postos de trabalho, Camaçari, 783, e Feira, 673.
 



Leia Também
Ver todas
 
Publicidade

 
Adicionar para favoritos Orkut BetelFM Tacitus Tecnologia